Em detalhe

Um apartamento com materiais de construção sublimados

Um apartamento com materiais de construção sublimados


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Em São Paulo, o arquiteto Alan Chu renovou um apartamento usando o tijolo tradicional de cerâmica criado no Brasil na década de 1930 e popularizado por arquitetos modernos na época. Ele explora o tijolo para oferecer um interior gráfico e luminoso, onde o material cria a decoração. Visita.

Uma luminosa sala de estar


Alan Chu / Djan Chu Na sala, coloque uma luz suave trazida por uma grande abertura e filtrada por uma cortina branca. A luz se espalha pela sala graças às paredes de tijolos pintados de branco, que deixam o material visível. A decoração é em cores suaves e naturais para um espírito muito sereno.

Uma sala aberta, espaços delimitados


Alan Chu / Djan Chu Se a sala compartilha a sala de estar e a de jantar, os espaços não são menos delimitados. A sala oferece um tapete que oferece mais privacidade enquanto a área de jantar é colocada ao lado de tijolos moldados, o que proporciona uma separação visual dos dois espaços.

Cerâmica como objeto decorativo


Alan Chu / Djan Chu Para completar sua decoração, o arquiteto criou móveis feitos sob medida para a reforma. O tijolo cerâmico moldado torna-se a bandeja de mesas laterais e mantém sua cor natural para proporcionar uma atmosfera acolhedora ao espaço. Homenagem à cerâmica novamente, os grandes frascos esculturais nos mesmos tons.

Uma cozinha não completamente separada


Alan Chu / Djan Chu A cozinha está instalada do outro lado da divisória de tijolos moldados, que oferece um motivo sublime. O espaço é assim separado sem estar completamente fechado. O tijolo permite que você aproveite o brilho da sala de estar e mantenha uma certa comunicação.

Tijolo como um motivo de parede


Alan Chu / Djan Chu Outra nova variação do tijolo cerâmico imaginada por Alan Chu. O arquiteto está usando esse tempo para criar um motivo de parede no estilo do porão para criar um espaço mais íntimo na mesa lateral da cozinha.

Outras matérias-primas na decoração


Alan Chu / Djan Chu As matérias-primas continuam a ser sublimadas neste apartamento. Na cozinha, as prateleiras foram criadas, por exemplo, a partir de varas de metal e pintadas em uma cor que lembra tijolos.

Um quarto relaxante


Alan Chu / Djan Chu No quarto, o arquiteto pega os códigos da sala de estar com uma sala quase imaculada, onde o material da parede simplesmente oferece alívio para aquecer a atmosfera.

Móveis parte integrante da construção


Alan Chu / Djan Chu No quarto, o arquiteto integrou diretamente os móveis na parede, criando uma cabeceira que percorre toda a extensão da sala e inclui mesas de cabeceira. A madeira em uma sombra clara, portanto, aquece e suaviza a atmosfera.

Um vestiário atípico


Alan Chu / Djan Chu Mesmo no camarim, não havia como jogar o clássico. O arquiteto imaginou uma sala estruturada como uma loja pronta para vestir, com prateleiras abertas. Para armazenamento, foram utilizados diferentes módulos de madeira. Mais informações: www.chu.arq.br



Comentários:

  1. Gamble

    Absolutamente com você concorda. Nele algo está e é uma excelente ideia. Eu te ajudo.

  2. Gilibeirt

    Sim, realmente. Assim acontece. Podemos nos comunicar sobre este tema. Aqui ou em PM.

  3. Samugor

    Eu sugiro que você tente pesquisar no google.com e encontrará todas as respostas lá.

  4. Mieko

    Estou ciente dessa situação. Nós podemos discutir.

  5. Ysbaddaden

    a variante interessante

  6. Rexlord

    Peço desculpas por interferir ... tenho uma situação semelhante. Pronto para ajudar.



Escreve uma mensagem